Gol melhora suas margens de lucro

Durante a apresentação do seu balanço trimestral a Gol Linhas Aéreas sinaliza que irá aumentar sua margem de lucros. O aumento é comparado em relação aos três meses anteriores (abril, maio e junho).

GOL Linhas Aéreas

Ainda de acordo com a Gol Linhas Aéreas a tendência é que durante os meses de outubro e novembro os lucros também apresentem alta.

Edmar Lopes, diretor financeiro da Gol Linhas Aéreas avalia que, só a partir de dezembro a baixa dos valores do petróleo terão reflexo nos números finais da empresa. Desta forma, todos os valores apresentados não sofreram qualquer tipo de interferência externa.

O executivo pondera que a taxa de ocupação de suas linhas aéreas (77%) durante o período é satisfatória, mas que precisa ser elevada. Edemar Lopes afirma que ainda há “muito trabalho para ser feito”.

Mesmo apresentando um aumento no número da taxa de ocupação em suas linhas aéreas, a Gol não divulga para a imprensa qual seria o ideal buscado pela empresa. A única coisa que se sabe é que a empresa vem reduzindo o número da oferta de voos de forma gradual. Justamente para forçar a alta da taxa de ocupação.

Edemar afirma que a empresa entra em um período de mercado aquecido. A procura por passagens aéreas cresce devido as festa de final de ano e as férias escolares. Desta forma, a Gol Linhas Aéreas deve apresentar resultados positivos e custos diluídos.

O executivo também garante que a atual desvalorização do real em relação ao dólar não irá afetar os planos da empresa. Segundo o executivo, a tendência da Gol Linhas Aéreas é manter os planos de expansão e ofertas pelos próximos dois anos.

Edemar apenas pondera que, caso o cenário econômico fique muito adverso a ideia seria definir novos planos. O executivo reitera que as ferramentas que a Gol Linhas Aéreas tem para lidar com momentos de crises já foram apresentadas.

Venda de aeronaves, desativar algumas linhas aéreas ou subleasings são algumas das medidas já adotas em outras ocasiões.

Para finalizar, o executivo da Gol Linhas Aéreas avaliou que é impossível determinar qualquer mudança de diretriz sem que o governo reeleito apresente seus planos econômicos.

GOL Linhas Aéreas

Gol Linhas Aéreas tem stand no Centro de Tradições Nordestinas

Gol Linhas AéreasHá doze anos, a GOL impulsiona o mercado brasileiro de aviação a se desenvolver, sempre apresentando processos, serviços e produtos inovadores e pioneiros. Com seu modelo de negócios de passagens aéreas baratas, com baixo custo que geram baixas tarifas (low cost, low fare), a companhia democratizou as viagens de avião no Brasil e na América do Sul. A GOL Linhas Aéreas oferece atualmente a mais extensa malha de rotas na América do Sul e Caribe, com quase 900 voos diários para 62 destinos nacionais e internacionais com presença em 13 países. Com foco constante na redução de custos, a estratégia da companhia de linhas aéreas é definida pelo crescimento rentável, por meio de uma estrutura de baixo custo e alta qualidade no atendimento ao cliente. As aeronaves Boeing 737-700 e 737-800 – Next Generation utilizadas pela GOL Linhas Aéreas são equipadas com winglets, uma tecnologia que ajuda a manter ainda mais baixos os custos operacionais. Com uma frota de aviões jovem e moderna, as operações da GOL são diferenciadas pelo custo reduzido com manutenção e pelo baixo consumo de combustível, o que proporciona à empresa alta taxas de utilização e eficiência. A GOL inaugurou um stand Voe GOL no maior ponto de encontro da comunidade nordestina residente em São Paulo, o CTN – Centro de Tradições Nordestinas. O stand da companhia funciona aos domingos, a partir das 11h da manhã. “Percebemos que os destinos mais procurados nas nossas lojas físicas e quiosques são para o nordeste. De acordo com pesquisas internas, 40% desses clientes viajam para visitar parentes que residem principalmente em Recife, Salvador e Fortaleza”, destaca Eduardo Bernardes, diretor Comercial das linhas aéreas. Fundado em maio de 1991, o CTN tem uma área de 27 mil metros quadrados. Os visitantes têm a sua disposição 10 restaurantes e nove quiosques que servem comida típica nordestina. No palco já passaram grandes nomes da música brasileira como Elba Ramalho, Leonardo, Zezé di Camargo e Luciano, Aviões do Forró e Calypso. A cada show, o CTN recebe um público de aproximadamente 7 mil pessoas, totalizando ao longo do mês cerca de 100 mil.