Apesar da alta do dólar, procura por viagens internacionais continua

turismoNos últimos meses a população vem recebendo más notícias com relação à economia, principalmente em função da alta do dólar. Felizmente, a crise não afetou os preços das passagens aéreas e as Agências de viagens e companhias aéreas comemoraram o fato de que, apesar das más notícias, os brasileiros continuam viajando para o exterior.

Segundo os especialistas, o aumento por procura de passagens para o exterior não é surpresa nessa época do ano, já que Julho é um mês de férias. Muitas famílias aproveitam a época e fazem uma viagem para descansar, fazer compras e conhecer novos lugares.

Essas famílias felizmente não se assustaram com a crise econômica de alguns países de destino e com alta do dólar que chegou a valer 3,23 reais. As passagens também sofreram reajustes, mas nada que afastasse os turistas.

Conforme o agente de viagens Marco Dantas, o mês de junho foi um dos melhores para o turismo, já que muitos brasileiros decidiram fazer uma viagem. “Dificilmente há descontos para viagens internacionais, mas algumas promoções estão estimulando quem deseja viajar”. Para Dantas, a queda de 30% na procura das viagens em relação ao mesmo período de 2014, já era algo esperado.

turismoEnquanto alguns arriscam, outros ainda preferem adiar a viagem. O estudante de administração, Rafael Cunha, 23 anos, contou que planejava viajar para Amsterdã, mas precisou mudar os planos oor causa do preço das passagens aéreas. “Pelo dólar ter aumentado e por essas instabilidades financeiras que estão ocorrendo no Brasil, resolvi adiar minha viagem internacional e pretendo fazer uma mais perto. Esperar e ver se ano que vem as coisas melhoram”, lamentou.

Dantas explica que os turistas que não quiserem viajar ao exterior por causa do aumento das passagens podem aproveitar destinos nacionais. “Beto Carreiro, Natal, Fortaleza e Salvador são muito procurados e acessíveis”, garante.

Aeroporto de Viracopos atinge marca recorde durante as festas de final de ano

Aeroporto de Viracopos Os feriados de Natal e Ano Novo chegaram ao fim e agora é hora de checar os números para o período. De acordo com a concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Viracopos, localizado na cidade de Campinas (São Paulo), o terminal aumentou em cerca de 25 mil passageiros ao dia.

Este número representa um aumento percentual de 10% no fluxo total do aeroporto.

Para atender a demanda o Aeroporto Internacional de Viracopos colocou em prática a “Operação Fim de Ano 2014/Feliz 2015”. A exemplo de outros aeroportos nacionais a ação ocorreu até o dia 05 de janeiro.

Agentes temporários foram contratados pelo aeroporto. Gestores do Aeroporto Internacional Viracopos trabalharam em regime de plantão para atender aos clientes. Além de funcionário que foram contratados em regime de terceirização estão entre as medidas adotadas pela concessionária.

A segurança do aeroporto também foi reforçada, quatorze postos de vigilância foram criados, além do aumento do efetivo para vigilância eletrônica.

Os usuários do Aeroporto Internacional de Viracopos elogiaram a Operação e muitos perceberam o aumento do patrulhamento de equipes de segurança em todo ambiente do terminal, por exemplo.

De acordo com a Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, além do aumento de efetivo foram realizadas uma série de reformas na infraestrutura do terminal.

Entre as melhorias do aeroporto estão a construção de um novo terminal para passageiros (T1), a revitalização de áreas do antigo terminal do aeroporto (T2), duplicação das vias de acesso ao aeroporto, realinhamento das calçadas e vias internas além da abertura de um moderno edifício – garagem. A capacidade do novo espaço para carros pode chegar a 4000 mil vagas.

Segundo Marcelo Mota, Diretor Sênior de Operações do Aeroporto Internacional de Viracopos, ações como esta já fazem parte da rotina do terminal. De acordo com o executivo, são ações como esta que permitirão que o aeroporto melhore cada vez mais a experiência do usuário.

Aeroporto de Viracopos Marcelo Mota esclarece que o aeroporto vem crescendo a cada ano e que é necessário uma série de investimentos para atrair o maior número de companhias aéreas, assim como passageiros.

Atualmente o Aeroporto Internacional de Viracopos é um dos principais centros aéreos do Brasil.

Gol melhora suas margens de lucro

Durante a apresentação do seu balanço trimestral a Gol Linhas Aéreas sinaliza que irá aumentar sua margem de lucros. O aumento é comparado em relação aos três meses anteriores (abril, maio e junho).

GOL Linhas Aéreas

Ainda de acordo com a Gol Linhas Aéreas a tendência é que durante os meses de outubro e novembro os lucros também apresentem alta.

Edmar Lopes, diretor financeiro da Gol Linhas Aéreas avalia que, só a partir de dezembro a baixa dos valores do petróleo terão reflexo nos números finais da empresa. Desta forma, todos os valores apresentados não sofreram qualquer tipo de interferência externa.

O executivo pondera que a taxa de ocupação de suas linhas aéreas (77%) durante o período é satisfatória, mas que precisa ser elevada. Edemar Lopes afirma que ainda há “muito trabalho para ser feito”.

Mesmo apresentando um aumento no número da taxa de ocupação em suas linhas aéreas, a Gol não divulga para a imprensa qual seria o ideal buscado pela empresa. A única coisa que se sabe é que a empresa vem reduzindo o número da oferta de voos de forma gradual. Justamente para forçar a alta da taxa de ocupação.

Edemar afirma que a empresa entra em um período de mercado aquecido. A procura por passagens aéreas cresce devido as festa de final de ano e as férias escolares. Desta forma, a Gol Linhas Aéreas deve apresentar resultados positivos e custos diluídos.

O executivo também garante que a atual desvalorização do real em relação ao dólar não irá afetar os planos da empresa. Segundo o executivo, a tendência da Gol Linhas Aéreas é manter os planos de expansão e ofertas pelos próximos dois anos.

Edemar apenas pondera que, caso o cenário econômico fique muito adverso a ideia seria definir novos planos. O executivo reitera que as ferramentas que a Gol Linhas Aéreas tem para lidar com momentos de crises já foram apresentadas.

Venda de aeronaves, desativar algumas linhas aéreas ou subleasings são algumas das medidas já adotas em outras ocasiões.

Para finalizar, o executivo da Gol Linhas Aéreas avaliou que é impossível determinar qualquer mudança de diretriz sem que o governo reeleito apresente seus planos econômicos.

GOL Linhas Aéreas

Gol Linhas Aéreas tem stand no Centro de Tradições Nordestinas

Gol Linhas AéreasHá doze anos, a GOL impulsiona o mercado brasileiro de aviação a se desenvolver, sempre apresentando processos, serviços e produtos inovadores e pioneiros. Com seu modelo de negócios de passagens aéreas baratas, com baixo custo que geram baixas tarifas (low cost, low fare), a companhia democratizou as viagens de avião no Brasil e na América do Sul. A GOL Linhas Aéreas oferece atualmente a mais extensa malha de rotas na América do Sul e Caribe, com quase 900 voos diários para 62 destinos nacionais e internacionais com presença em 13 países. Com foco constante na redução de custos, a estratégia da companhia de linhas aéreas é definida pelo crescimento rentável, por meio de uma estrutura de baixo custo e alta qualidade no atendimento ao cliente. As aeronaves Boeing 737-700 e 737-800 – Next Generation utilizadas pela GOL Linhas Aéreas são equipadas com winglets, uma tecnologia que ajuda a manter ainda mais baixos os custos operacionais. Com uma frota de aviões jovem e moderna, as operações da GOL são diferenciadas pelo custo reduzido com manutenção e pelo baixo consumo de combustível, o que proporciona à empresa alta taxas de utilização e eficiência. A GOL inaugurou um stand Voe GOL no maior ponto de encontro da comunidade nordestina residente em São Paulo, o CTN – Centro de Tradições Nordestinas. O stand da companhia funciona aos domingos, a partir das 11h da manhã. “Percebemos que os destinos mais procurados nas nossas lojas físicas e quiosques são para o nordeste. De acordo com pesquisas internas, 40% desses clientes viajam para visitar parentes que residem principalmente em Recife, Salvador e Fortaleza”, destaca Eduardo Bernardes, diretor Comercial das linhas aéreas. Fundado em maio de 1991, o CTN tem uma área de 27 mil metros quadrados. Os visitantes têm a sua disposição 10 restaurantes e nove quiosques que servem comida típica nordestina. No palco já passaram grandes nomes da música brasileira como Elba Ramalho, Leonardo, Zezé di Camargo e Luciano, Aviões do Forró e Calypso. A cada show, o CTN recebe um público de aproximadamente 7 mil pessoas, totalizando ao longo do mês cerca de 100 mil.

Recife é um dos destinos preferidos dos turistas em todo o mundo

TurismoAo analisar os três destinos indutores do Turismo nacional em Pernambuco, conforme indicação do Ministério do Turismo, a cidade tem a preferência de 54,55% dos turistas nacionais e internacionais que desembarcam no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes.

No Dia Mundial do Turismo, comemorado anualmente em 27 de setembro, a Prefeitura do Recife apresenta dados significativos do crescimento da atividade, com base em números oficiais apontados em pesquisas da CTI-NE e Empetur. A cidade é líder no setor em Pernambuco. Dos turistas brasileiros vindos em vôos nacionais e internacionais, 54,42% compraram passagens aéreas com destino ao Recife. Entre os estrangeiros, oriundos igualmente de vôos nacionais e internacionais, o dado é ainda mais favorável e representa 55,34%.

O Recife tem o melhor desempenho do Nordeste na relação percentual oferta versus fluxo turístico, representando a melhor ocupação da região e uma das melhores do País. Além disso, é o destino com maior equilíbrio na ocupação de hotéis ao longo do ano, com uma média aproximada de 85%, minimizando os problemas decorrentes da sazonalidade.

De acordo com o prefeito João da Costa, o turismo no Recife tem sido trabalhado priorizando a cidade para os cidadãos, sempre com o envolvimento de todas as Secretarias municipais. “O Recife é uma cidade de prestação de serviços modernos, reconhecido em toda a Região e âncora do desenvolvimento em Pernambuco.”

Dos turistas que desembarcam no aeroporto, excluindo os moradores do Estado, 12% são estrangeiros e 88% do mercado nacional. Vale dizer que o Recife lidera a preferência dos turistas em mais de 80% dos países emissores. Com relação aos mercados nacionais, a liderança do Recife é de 100%.

No desembarque de passageiros com residência permanente no exterior, os principais emissores, por ordem, para o Recife são os Estados Unidos, Portugal, Itália, Alemanha, Argentina, França, Suíça e Espanha. No mercado nacional, com base no ranking de desembarque aéreo, os principais mercados são, respectivamente, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Norte.

Através na movimentação do aeroporto, podemos concluir que metade do fluxo turístico do Recife chega ao destino por via aérea, em vôos nacionais e internacionais, e que a metade complementar utiliza outros meios de transporte. Em 2009, a receita turística gerada na cidade foi superior aos R$ 2 bilhões, incluindo a movimentação de toda a cadeia produtiva, ou seja, bares, restaurantes, compras, passeios, locadoras de veículos, barraqueiros de coco, hotéis, entre outros.

A capital pernambucana se destaca no turismo cultural, de lazer, negócios e eventos. A cidade tem se reposicionado turisticamente ao ampliar a atratividade turística com a abertura de novas frentes como o turismo gastronômico, que já é apontado por 58,5% dos turistas como opção de lazer no Recife.